Industrialização por Encomenda

Nesse curso, o usuário irá desenvolver conhecimento sobre processo de industrialização, com informações dos principais campos do documento fiscal, finalidade de emissão, CFOP, CST, natureza de operação, entre outros. Será observado o conceito de industrialização em âmbito nacional, modalidades de industrialização, regras de emissão dos documentos fiscais para empresas enquadradas no regime normal e Simples Nacional, tendo como foco atender as exigências do ICMS e IPI.

Vale 4 pontos no Programa de Educação Profissional Continuada do CFC, nas categorias: AUD:4 ProGP:4 PERITO:4 ProRT: 4 - CFC: SP20872

Objetivo: Transmitir ao usuário conhecimento para preenchimento correto da NF-e, para atender as exigências da legislação do ICMS e IPI, de forma clara e objetiva, nas principais operações que envolve industrialização por encomenda.

Carga horário: 04 horas

Para quem é este curso: Profissionais das áreas de Tributária, Contábil, Administração e demais profissionais que atuam na temática Industrialização por encomenda.

Estrutura do curso:

Videoaulas online Material de apoio para download Exemplos práticos ou cases Avaliação Certificado

 

Acesso ilimitado: Os conteúdos ficam disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, e você poderá assisti-lo quantas vezes precisar, dentro do período de contratado.

Metodologia: Nossos cursos são compostos por 80% de videoaulas, com conteúdos planejados especialmente para EAD, divididos por temática, com vídeos com aproximadamente 10 minutos cada, o que permite que o aluno se organize de forma mais produtiva para seus estudos. Nossos cursos online não são apenas reprises de aulas ministradas em sala de aula e sim conteúdos estruturados para a modalidade com métodos que intensificam o aprendizado do aluno.

Excelência IOB Educação: A IOB atua há mais de 50 anos no mercado, é Capacitadora do CRC há 17 anos, e já capacitou milhares de profissionais.

Atenção

1) * Conteúdo elaborado com base na legislação vigente até a data de realização do curso: e atualizado ou revalidado pelo especialista na data que consta deste descritivo. Recomenda-se vigilância quanto a eventuais alterações posteriores.

2) Este curso, salvo em casos de atualização de conteúdo, ficará disponível pelo período contratado. Porem, vale observar que, para efeito de pontuação no CFC, a data de conclusão do curso (data que constará no certificado deverá ser até dia 31 de dezembro do ano vigente. Atendidos os critérios exigidos, a IOB realizará o lançamento da pontuação no Sistema do CRC.

3) O curso poderá ser visualizado mais de uma vez, porem para efeito de pontuação no CRC, os pontos do curso só serão creditados uma única vez, considerando a primeira data de conclusão e aprovação, desde que o cursos retorno aprovado do Conselho e o participante cumpra com todos os requisitos..

 

Curso gravado em: 15/05/2021

  • Carga Horária: 4h Curso: Industrialização por Encomenda
  • Comunicado!! Ei, você fez algum curso pelo App? Se sim, clique aqui para saber mais sobre a avaliação!
  • Materiais Didáticos
  • Módulo Único
  • Encerramento
  • Avaliação
  • Pesquisa de satisfação
  • Considerações iniciais

 

Módulo Único

 

  • Bloco 1 – Introdução

Contribuinte de IPI

Equiparado a industrial

Fato Gerador de IPI

 

  • Bloco 2 -Remessa para Industrialização por Encomenda

Suspensão de IPI

Suspensão de ICMS

 

  • Bloco 3 - Questão Remessa para Industrialização por Encomenda

 

 

  • Bloco 4 - Produto Industrializado e Conceito de Industrialização

Conceito de produto industrializado

Conceito de industrialização

Modalidades de industrialização

 

  • Bloco 5 - Transformação- Modalidade de Industrialização

Conceito de transformação

Operações de transformação que não são consideradas industrialização

 

  • Bloco 6 -Montagem e Acondicionamento- Modalidades de Industrialização

Conceito de montagem

Conceito de acondicionamento

Diferença entre acondicionamento de transporte e de apresentação

Embalagem de transporte

 

  • Bloco 7 -Renovação e recondicionamento - Modalidades de Industrialização

Conceito de renovação e recondicionamento

Situações em que o serviço de conserto, restauração ou recondicionamento não será considerado industrialização

 

  • Bloco 8 -Beneficiamento - Parte 1

Conceito de beneficiamento

Conflito de competência

Conflito de competência entre os três entes tributantes

 

  • Bloco 9 -Beneficiamento - Parte 2

Beneficiamento perante a legislação nacional do ISS

Razões que gera conflito perante a norma municipal

Razões que gera conflito perante a norma Estadual

Razões que gera conflito perante a norma Federal de IPI

 

  • Bloco 10-Industrializiação por encomenda – Parte 1

Conceito de industrialização por encomenda ou venda efetiva

 

  • Bloco 11 -Industrialização por encomenda – Parte 2

 

Conceito de industrialização por conta e ordem de terceiros

Posicionamentos do Fisco Paulista a título de exemplo

 

  • Bloco 12 -Como o Regime Normal tributa o ICMS e IPI?

Como o regime normal tributa o ICMS e IPI

Tributação de mercadorias destinadas a comercialização pelo encomendante

Itens que devem compor a nota fiscal na remessa para industrialização

Material enviado – CFOP/CST/Tributação de ICMS e IPI

Material enviado – CFOP/CST/Tributação de IPI

Itens que devem compor a nota fiscal no retorno da mercadoria industrializada

Material aplicado - CFOP/CST/Tributação de ICMS e IPI

Mão de obra na operação interna de SP - CFOP/CST/Tributação de ICMS e IPI

Mão de obra em operação interestadual em âmbito nacional-CFOP/CST/Tributação de ICMS e IPI

Produto acabado - CFOP/CST/Tributação de ICMS e IPI

 

  • Bloco 13 - Como funciona a Escrituração na EFD?

Menção dos registros da EFD que precisam ser preenchidos para o regime normal

 

  • Bloco 14 - Como o Simples Nacional tributa o ICMS e o IPI?

Como o Simples Nacional tributa o ICMS e IPI

Tributação de mercadorias destinadas a comercialização pelo encomendante

Itens que devem compor a nota fiscal na remessa para industrialização

Material enviado – CFOP/ CSOSN/Tributação de ICMS e IPI

Material enviado – CFOP/ CSOSN/Tributação de IPI

Itens que devem compor a nota fiscal no retorno da mercadoria industrializada

Material aplicado - CFOP/ CSOSN /Tributação de ICMS e IPI

Mão de obra na operação interna de SP - CFOP/ CSOSN /Tributação de ICMS e IPI

Mão de obra em operação interestadual em âmbito nacional -CFOP/ CSOSN /Tributação de ICMS e IPI

Produto acabado - CFOP/ CSOSN /Tributação de ICMS e IPI

Simples Nacional e suspensão de IPI

 

  • Bloco 15 - Industrialização Triangular – Parte 1

Emissão de notas fiscais

Nota de remessa simbólica para industrialização

 

  • Bloco 16 - Industrialização Triangular – Parte 2

Previsão legal em âmbito nacional

Forma de tributação

 

  • Bloco 17 - Mudanças na Mão de Obra para 2022

CFOP 5.124 - Industrialização efetuada para outra empresa – Mercadorias

CFOP 5.126 - Industrialização efetuada para outra empresa – Serviços

 

  • Bloco 18 - Perdas no Processo Industrial - Parte 1

Perdas inerentes ao processo de produção

Perdas não inerentes ao processo de produção

Procedimento estadual de como pode ser o processo de perda

 

  • Bloco 19 - Perdas no Processo Industrial -Parte 2

Processo de perda em âmbito nacional – legislação de IPI

 

  • Bloco 20 - Reindustrialização

Regras para o encomendante

Regras para o industrializador

 

  • Bloco 21- Industrialização de Ativo

Remessa para industrialização de bem do ativo em âmbito Estadual

Remessa para industrialização de bem do ativo em âmbito Federal

 

  • Bloco 22- CFOPs utilizados na Industrialização – Parte 1

Panorama dos CFOPs utilizados na remessa e retorno de industrialização

 

Bloco 23 -CFOPs utilizados na Industrialização – Parte 2

CFOPs aplicados a partir de 2022

Tabela comparativa

CFOP de Remessa física para industrialização

CFOP de Industrialização efetuada para outra empresa/Industrialização efetuada para outra empresa – Mercadorias.

CFOP Industrialização efetuada para outra empresa - serviços

CFOP aplicado na operação triangular de Industrialização – mercadoria e serviço

 

  • Bloco 24 - Bloco K

Demonstração geral do bloco k

                Registro K250: Industrialização Efetuada por Terceiros – Itens Produzidos

Registro K255: Industrialização em Terceiros – Insumos Consumidos

 

  • Encerramento